Política e Economia

O poema da realidade louca

terça-feira, julho 29, 2014Roberth Moura


Futuro desconhecido à frente.
Patente!
Não tenho sabedoria social.
Normal...
Vou colocar panos quentes,
Do ente.
Ser ignorante de si.
Morri!
Passivo, com visão acrítica,
Política!
O salário não é de rei,
Roubei!
É uma bola de neve grande,
Que expande.
Isso é nosso país,
Luís.
Minhas contas vou pagar...
Não dá!
Como podemos mudar?
Sei lá!
Vou sonhar um sonho belo.

Eterno...


You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Formulário de contato