Humor Peça de teatro

O testemunho do ex-gay (parte 3)

segunda-feira, maio 19, 2014Roberth Moura


  O ex-show de Ivanir, a ex-bicha louca (que jamais voltará a ser)

 (...) Ivanir: Isso mesmo. Ironia do destino ou não, o namorado dele tinha Pinto. No sobrenome. (olhando para Marta Laura com aquela cara de desconfiado) E este rapaz, era, por sua vez, irmão daquela Marta Laura, “A desbundada” (olhando fixamente para Marta Laura). O caso é que meu pai, quando recobrou a consciência me expulsou de casa e eu tive que me virar nos empregos mais inimagináveis possíveis. A vida me fez dar tudo de mim. E eu DEI! Dei TU-DIN-HO de mim.
Marta Laura: É verdade. Consta aqui em minhas fichas que você já teve... 5, 6, 7,.... 19 empregos!!! UAU! Dentre eles entregador de pizza, cantor de barzinho, dançarino, gogo boy e PASMEM: ACOMPANHANTE DE LUXO!!!
Ivanir: (seduzindo com dedinho no canto da boca) (querendo mostrar-se acanhado) este é um passado que eu não gosto de lembrar. Joguei no mar do esquecimento.
Marta Laura: Ah, não... Mas pelo menos um demonstraçãozinha da dança você vai dar pra gente. Não é mesmo produção?
Ivanir se faz de acanhado, mas doido querendo aparecer.
Ivanir: Ah, não... agora eu sou separado pela luz da abóbada cintilante. Eu não posso fazer isso, não é mesmo plateia? Eu danço ou não danço, genteeee?...



A plateia começa a pedir “dança”, “dança”, “dança”... (se não acontecer espontaneamente, alguém previamente preparado deve puxar). Ivanir se faz um pouco de difícil, mas acaba aceitando.
Ivanir: Ai, que vergonha! Tá bom gente. Mas é só uma música viu?
Ivanir vai para o meio do palco, respira fundo e espera o DJ soltar a música.
(MÚSICA 7 - “Cinema Bigg Butts” da Thays Gullin, que começa lenta e vai para o Hip Hop e termina lenta e sensual. No início da música, ligar foco rosa em Ivanir, enquanto ele canta “inocentemente”, sentado na frente do palco com as pernas balançando. Na hora do HipHop fazer dança louca, porém sensual, com o estrobo ligado. A parte lenta volta e ele, volta para a posição de “inocente”. No segundo hip hop Ivanir tira a roupa e joga para a plateia, ficando só de cueca, que por sinal é furada.)
Ao final da música Marta Laura está com cara de CHOCADA com a bizarrice que ela acabou de ver. Ivanir está na frente do palco pedindo palmas para ele.
Marta Laura: Eu acho que por hoje chega, não é produção?
Ivanir senta-se no sofá, sorrindo e satisfeito.
Marta Laura: Bom pessoal, a produção pediu um intervalinho de dois minutos para esta criatura se recompor. Uma palavrinha dos nossos patrocinadores.
Neste momento apagam-se as luzes do fundo e acendem-se as da frente, enquanto Ivanir se troca no camarim. A produção pode trazer alguns produtos de patrocinadores reais do espetáculo (loja de perfumes, supermercado, loja de roupas, etc.) e Marta Laura apresentar os produtos da mesma forma que os apresentadores de TV fazem. Outra ideia que pode render algumas risadas é vender um processador de frutas, e só encaixar nele banana, pepino, cenoura, etc., de um jeito e voz sensual, como se anunciasse produto de sexshop. Colocar na mesa separada para isto. (MÚSICA 8 – I Will Survive, bem baixinha enquanto os produtos dos patrocinadores são anunciados)
Palmas da plateia
Marta Laura: Estamos de volta com o Vitória na Glória.  (para a câmera) E para você de todo o Brasil que quer enviar sua pergunta para o Ivanir, fique à vontade. Nosso twitter é... não precisa eu falar, por que está aparecendo no canto da sua tela e eu sei que você telespectador fiel, não é bobo. (para Ivanir) Me diga uma coisa Ivanir, só a nível de curiosidade minha mesmo, de 0 a 10, em comparação aos seus outros shows, quanto você se daria pela apresentação de hoje?
Ivanir: (ainda eufórico) Com certeza dez! Hoje foi a minha melhor performance. Eu me soltei, gata! Eu me senti liberta!!
Marta Laura: Liberta?
Ivanir: Ops, liberto... eu quis dizer liberto. É que eu encontrei o caminho da luz tem pouco tempo e ainda não me acostumei com o meu novo eu.
Marta Laura: Ok, ok (desinteressada) daqui a pouco nós vamos falar do tal caminho da luz. Mas, só a nível de curiosidade também, eu queria saber que casa de show contratava você para dançar pra eles.
Ivanir: Ai que fofo! Você gostaria de me ver dançar? Eu parei, boba!

Marta Laura: Não Ivanir. Eu quero saber pra eu passar longe. Bem longe. Na verdade, muuuuito longe mesmo.


You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Formulário de contato