Humor Opinião e Atualidades

Desviciando do facebook

sexta-feira, maio 25, 2012Roberth Moura

COMO DESVICIAR DO FACEBOOK?



      Esta é a pergunta que muita gente se faz, inclusive eu. E não sei se ajudo, mas vou contar a experiência que eu estou passando com essa rede social atroz.  Nem sei como começar a escrever de tanta vontade que eu estou de estar no facebook. Bem, vamos começar falando do vício.

Eu era uma pessoa feliz e equilibrada (eu acho) até que há cerca de quatro anos eu criei um perfil no facebook. Eita dia que eu deveria amaldiçoar por toda eternidade. Pior que o dia nem foi tão maldito, porque eu criei e nunca mais voltei lá, por pelo menos um ano, pelo simples fato de que todos os meus amigos estavam em outras redes sociais, como Badoo e Sonico, e na rede social campeã de audiência: o Orkut. A coisa começou a ficar cabeluda quando começou acontecer o processo de migração: as pessoas passaram a deixar toda uma vida construída na antiga rede social e se jogavam de cabeça num lugar totalmente novo e desconhecido. Estes, com pouco tempo conseguiam visto permanente e nunca mais conseguiram sair de lá. Uma verdadeira "Caverna do Dragão". Os poucos que bebem da água e conseguem sair e nunca mais voltar são uns verdadeiros heróis.


E eu, pra variar, já estou tentando sair pela terceira vez. Na primeira consegui ficar um mês (as férias, longe da rotina, ajudaram um pouco). Na segunda vez foi mais difícil porque sempre tinha recaídas, especialmente de madrugada, quando eu pensava “É... se eu entrar, ninguém vai saber que eu entrei. Vou ficar cinco minutinhos e ver quantas ‘bolinhas’ de atualização eu tenho; depois não entro nunca mais. Pode cair um raio na minha cabeça se eu entrar de novo. Pode me chamar de cachorro sem vergonha se eu reativar minha conta”. Ledo engano: a abstinência não durou duas semanas.


Dessa vez o buraco é mais embaixo. Agora estou trabalhando na  Iniciação Científica na Univale-MG, fazendo curso de inglês, fazendo estágios voluntários e ainda por cima estudando de manhã. E nisso tudo, o facebook consome mais de três horas do meu dia. Fora o tempo que eu estou gastando pra escrever esta postagem. Enfim, no meu trabalho, especialmente, eu fico no facebook quase uma hora por dia – levando em consideração que eu trabalho apenas 4 horas por dia – e isso estava me deixando muito desgostoso (meu patrão só não pode ler isto. Mas eu acho que ele nem sabe que eu tenho blog, então eu posso falar o que vier à cabeça). E então o que eu fiz? Decidi eliminar essa boiolagem de facebook da minha vida. E como eu consegui? Bom, eis o que eu tentei:


Fui ao cade.com.br e ao Google e procurei todos os artigos com a frase “desviciar do facebook”. Fui no yahoo respostas e criei a pergunta Como desviciar do facebook sem excluí-lo definitivamente?   e nada de eu conseguir me livrar, apesar das boas respostas. Até no terreiro de macumba cortar pescoço de galinha preta e bater pemba eu pensei em ir, mas nada resolveria meu problema. A resposta era sempre a mesma: você deve se policiar. Pois é meu camarada, disso eu sei, mas a carne é fraca. Então, para não me sentir um bundão mole (desgraça pouca é bobagem, cantaria Dercy Gonçalves), utilizei os mecanismos de defesa freudianos. Disse pra mim mesmo “você não precisa disso pra ser feliz. Há muita vida lá fora e é muito melhor do que isso que te prende e consome seu ser.”. Cala a boca mecanismo de defesa, ninguém pediu a sua opinião.

Então fui corajosamente ao botão “desativar conta”. O face, por sua vez, veio com chantagem emocional “fulano de tal vai sentir muito a sua falta”. Bah! Não vem com essa pra cima de mim não porque não cola!

Chantagem emocional do facebook

E então, depois de fazer o mano Mark chorar litros de sangue porque eu desativei minha conta (na verdade só coloquei o facebook para hibernar), resolvi escrever uma postagem sobre isso, só pra dizer que eu estou aqui para dar apoio moral para quem está querendo sair dessa rede opressora e alienante.
.
.
.
.
.
.
.
Dois dias sem face...
.
.
.
.
.
(recaída)


.
.
.
.
.
.
.
Alguns dias depois...
.
.

        Não sei mais o que fazer. Não sei se dou mais uma espiadinha rápida... Acho que vou arranjar uma namorada. É... isso resolveria meu problema. Vou lá ver se a Giulia tá online e vou convidá-la para sair. É isso! Vou mandar um recado pelo face dela, é claro.


You Might Also Like

15 comentários

  1. Querido eu sei o que vc passa,mas meu caso é mais grave, eu cuido da minha filha em casa, então passo o dia inteiro e a madrugada aqui, eu realmente preciso de ajuda.

    ResponderExcluir
  2. Solução definitiva: arrume algo melhor pra fazer, de preferência um objetivo na vida, senão o jeito é perdê-la miseravelmente mesmo, migrando de porcaria em porcaria.

    ResponderExcluir
  3. É amigo, eu continuo viciado em Facebook. Mas toda semana eu passo 2 dias sem olhar nada. Isto me causa alívio. Mas sei que sou dependente de rede social. Mas vou ler suas dicas de como você conseguiu e te respondo se deu certo. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Deste quando "centro espirita" corta pescoço de galinha ????....se informe cara ,antes de falar bobagens

    ResponderExcluir
  5. Eu tô muito viciada nessa desgraça de rede social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk isso não é mérito exclusivo seu!

      Excluir
  6. Desativei meu facebook por conta de uma decepção amorosa.
    Desde de então , tenho MEDO de entrar nessa rede social.
    É apenas um recanto de pessoas disputando o título de quem tem a melhor vida.
    Desativei em Janeiro e até hoje, nunca mais reativei.
    Minha vida tá muito melhor!
    Minha auto estima melhorou , encontre novos amigos no ORKUT (nunca deixei de usar) e estou estudando mais.

    Foi uma das melhores coisas que fiz na vida!

    Não tenho mais recaído , pois depois de 1 mês , acostumei a ficar sem.

    Eu recomendo desativarem o face.

    ResponderExcluir
  7. bem, eu desativei meu Facebook hoje, dia 12 de junho de 2013, pelo fato de não querer mais falar com um menino, e até agora estou me sentindo estranho, sem ficar postando nada, sei lá, parece que falta algo na minha vada, mas eu passei 18 anos sem usar essa porcaria (hoje tenho 20, comecei a usar desde os 18), eu sei que vou conseguir voltar a ter minha vida social aqui fora de novo, eu confio em mim!

    ResponderExcluir
  8. Vou desativar hoje, 31 de Outubro de 2013, deu disso.

    ResponderExcluir
  9. Ana Laura Marinho31 outubro, 2013

    Siga firme e forte nessa luta Oda! Vício maldito pior que crack rsrsrs
    E uma dica: Dificilmente você encontrará um centro espírita que corta pescoço de galinha preta, isso tem outro nome...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk alterado! Na época do post, eu ainda não sabia diferenciar espiritismo de umbanda, quibanda, terreiro, etc. Vivendo e aprendendo!

      Excluir
  10. Eu consegui me livrar DEFINITIVAMENTE do Yahoo ( no qual estava viciado até a alma). Acredito que não há muita diferença daquele para o Facebook, no qual também estou conseguindo me livrar (eu chegava a ficar até 12 horas direto nessa droga (droga, mesmo!). Como todo vício, o problema são os primeiros dias, por causa do HÁBITO. Mas, estou certo de que NÃO É, absolutamente, impossível de esquecer pra sempre estas drogas.

    ResponderExcluir
  11. Eu consegui me livrar DEFINITIVAMENTE do Yahoo ( no qual estava viciado até a alma). Acredito que não há muita diferença daquele para o Facebook, no qual também estou conseguindo me livrar (eu chegava a ficar até 12 horas direto nessa droga (droga, mesmo!). Como todo vício, o problema são os primeiros dias, por causa do HÁBITO. Mas, estou certo de que NÃO É, absolutamente, impossível de esquecer pra sempre estas drogas.

    ResponderExcluir
  12. faz 11 meses que desativei meu face
    coloquei uma senha bem grande e dificil
    que era anotada em um papel tipo
    jbdygdknskhagwjdnkcdjasjcnjvdh5eu7bdvcs5402hsh
    ao desativar eu queimei o papel desta senha
    tive algumas recaidas mais nao consegui lembrar a senha
    ai passou
    uma vez por mes mais ou menos eu entro pelo face de minha namorada
    mais brigo com ela pra excluir o dela tbm
    tenho fé em Deus que vamos conseguir

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato