Curiosidades Ótica Psicológica

Todo mundo é bissexual! Inclusive você!

sexta-feira, fevereiro 03, 2012Roberth Moura

       Em entrevista registrada em seu livro “Um psicanalista no divã”, J-D. Nasio, em resposta à pergunta sobre a origem da homossexualidade, fala em um trecho sobre a bissexualidade e afirma que todos nós somos bissexuais. Leia:
Todo homem tem uma parte feminina e toda mulher uma parte masculina.


(....)
Aproveito para lembrar que na base somos todos bissexuais! A bissexualidade é uma disposição inata do ser humano, tanto no nível físico como no psíquico. Entretanto, evitemos confundir essa bissexualidade constitutiva com a prática bissexual. Uma coisa é saber que cada um de nós compreende uma parte masculina e uma parte feminina; uma outra, bem diferente, é fazer amor indistintamente com um ou outro sexo. 
Segundo minha experiência clínica, a atividade bissexual não é o reflexo da bissexualidade natural, mas sim a expressão de uma homossexualidade. Chegaria a afirmar que um homem que tem indiferentemente relações sexuais com parceiros masculinos e femininos permanece no fundo de si mesmo um homossexual; quero dizer que suas pulsões mais enraizadas só se satisfazem verdadeiramente se em contato carnal com um corpo viril.
A esse propósito me lembro de Tiago, que, depois de ter vivido em sua juventude uma paixão homossexual, casou-se com a mulher que amava e se tornou pai extremoso. Entretanto, contra toda a expectativa, a despeito de quinze anos de uma tranqüila heterossexualidade, deixou sua família arrebatado por um irreprimível desejo de viver com um companheiro. No final das contas, as pulsões homossexuais triunfaram sobre o ecletismo bissexual.
(...)
Referências Bibliográficas: NASIO, Juan-David. Um psicanalista do divã. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2003. 150 p.


       E você o que pensa sobre o posicionamento de Nasio? Acha uma teoria brilhante? Pensa que estas palavras são sem pé nem cabeça? Concorda em parte? Então deixe o seu comentário e vamos debater!

You Might Also Like

13 comentários

  1. Insira seus links no agregador de links para o público LGBT - Agregay.com - e divulgue seu blog. Acesse: http://www.agregay.com

    ResponderExcluir
  2. Acho sim que todos nos somos bi ,pelo simples fatos de depois de muito fora de varias meninas eu começei a ver alguns garotos com outros olhos nau todos meus amigos mesmo só de pensar da nojo mais um cara que eu conheci faz alguns meses me despertou algo e sei que tbm despertei nele pena que ele nau entra mais no face acho que ele tem medo,e mesmo com tudo isso ainda fico com as meninas e penso nelas e nele na hora de me satisfazer e tbm vejo fotus de homens na internet e tenho playboys dentro do meu armario,e assim minha curiosidade talvez seja pq sou virgem mais nem sei e mesmo assim nau deixa de ser uma bisexualidade

    ResponderExcluir
  3. na verdade samos orientado a ser heteros

    ResponderExcluir
  4. Cara, eu concordo totalmente que a nossa "natureza primária" seja bissexual. Mas os fatores culturais, sociais, familiares, religiosos e até físicos (somos destinados a procriação) nos levam ao modelo "politicamente correto". Se fôssemos analisar só pelo ponto de vista sexual (prazer físico) é possível sentir prazer tanto com homem, quanto com mulher. Acredito que a nossa sexualidade vai se moldando de acordo com as experiências que vivemos (ou nos permitimos viver). Só sei que uma vez "aberta a porta" para a bissexualidade, ela nunca mais se fecha. Você pode ficar anos sem se relacionar com alguém do mesmo sexo, mas mais cedo ou mais tarde essa vontade aparecerá de novo. Mas é claro que muitos conseguem sublimar esse desejo e ter uma vida sexual razoável com o sexo oposto. Mas quem experimenta uma vez, nunca mais esquece. Denise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do ponto de vista psicológico, é possível sentir prazer de inúmeras maneiras. Com homem, com mulher, com sua mão, com um buraco na parede, etc. São as crenças e valores sociais que orientam (não determinam, apenas orientam) a constituição dos gêneros.

      Excluir
  5. Quando falos em prazer, o corpo fala mais alto, a cabeça não raciocina só que move é vontade de um bom orgasmo... No entanto, quando deixamos de ser movidos por apenas esses desejos e o coração começa a gritar mais alto, todo cai por terra. Sou casado, tive alguns casos com outros caras nada muito sério, mas atualmente conheci um que conseguiu mexer comigo. Sempre dizia pra mim mesmo que conseguia dividir meus desejo que tudo estava sobre controle. É, mas fui pego pelo coração, não consegui comandá-lo. Penso nele todo tempo, queria ficar com ele o tempo todo. mas é como os amigos falaram anteriormente será que realmente devemos levar o modelo “politicamente correto”? Estou vivendo um momento muito confuso na minha vida, estou dando tempo ao tempo, me encontro casado a 17 anos com 3 filhos adolescentes e apaixonado por um outro homem. E me pergunto o que será da minha vida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu compreendo a angústia da escolha diante da qual você está passando. Recomendo que você procure um psicólogo para trabalhar estas questões com você, para que consiga descobrir qual o melhor caminho seguir. Na terapia, além de se conhecer melhor, você terá mais clareza sobre muitos aspectos e possibilidades que até o momento jamais passaram pela sua cabeça.

      Espero que você fique bem.

      Abraços!

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta, mas tenho algo que está me incomodando muito. Tenho uma vida dupla, isso é fato e não sei até quando... No entanto estou procurando cada vez menos minha esposa, e me pergunto será que o bissexualismo tende ao homossexualismo? Isso é certo?

      Excluir
    3. A sua situação é muito complexa para ser analisada por aqui. Por exemplo, supondo que seu casamento estivesse desgastado pelo tempo, sem nada que lhe provocasse desejo. Mesmo que seja uma vida boa, estável, felizinha, mas sem aquele "tchan", que te faz ter vontade de viver. Supondo que você encontrasse outra mulher que te desse carinho, te despertasse desejo, que te pegasse pelo coração. Você procuraria cada vez menos a sua esposa e investiria mais na relação que te dá prazer.

      A resposta que eu posso te dar é que nosso inconsciente tende para aquilo que lhe dá mais satisfação. Cada indivíduo sente prazer de uma forma diferente. Nada pode ser generalizado em se tratando de inconsciente.

      Excluir
  6. Eu nem sei dizer, ainda estou estudando sobre isso.

    ResponderExcluir
  7. Na minha infância e adolescência sempre tive as paixonites por meninas, daí os hormônios foram se aflorando e comecei a sentir tesão nos meninos, me masturbava pensando neles. O tempo foi passando e hoje não sinto mais nada por mulheres, sou fascinado pela beleza masculina que é pouco apreciada nesse mundo machista. Enfim, acho que todos somos bis de um jeito ou de outro, mas a inclinação para o lado homossexual é maior na maioria dos casos.

    ResponderExcluir
  8. Sou casada 5 anos,e quando comecei a trabalhar numa empresa conheci uma garota,até então tudo bem ela também é casada e nos tornamos grandes amigas a ponto de não nos desgrudarmos,meu marido chegou a ficar com ciumes de eu dar mais atenção para ela do que pra ele mas eu dava risadas pq eu achava ridiculo o ciume dele,mas de um tempo pra cá as coisas mudaram,eu realmente comecei a olhar pra ela de uma forma diferente eu achava que era besteira da minha cabeça,só que não é bem assim esta cada vez mas forte e eu percebi que ela também esta me olhando de uma forma diferente tanto que ela me propos da gente fugir dos nossos maridos isso mesmo fugir..pra morarmos juntas sendo q nós duas nunca tivemos contato fisico mais intimo,ela me joga indiretas diz que quer dormir comigo..meus Deus não sei o q fazer pois estou muto apaixonada por ela não sei o que fazer se jogo tudo pro alto e vivo esse amor,ou se eu continuo casada estou perdida.

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato