Cultura Curiosidades

Curiosidades genéticas: Algumas questões e concepções errôneas comuns sobre hereditariedade

segunda-feira, setembro 12, 2011Roberth Moura

Por que todas as crianças nascidas de mesmos pais não são iguais? Se você recebeu 23 cromossomos de sua mãe e 23 de seu pai, e se sua irmã ou seu irmão receberam 23 de sua mãe e 23 de seu pai, por que você não parece idêntico a sua irmã ou a seu irmão? 

A resposta, certamente, é que você não recebeu os mesmos 23 cromossomos de sua mãe e os mesmos 23 cromossomos de seu pai. Cada óvulo ou cada espermatozóide contém uma combinação diferente de 23 cromossomos e assim, cada um de seus irmãos ou irmãs receberam uma combinação única, resultante de um número muito grande de combinações possíveis. Assim, não só é possível, mas é inevitável, que duas crianças da mesma família tenham heranças diferentes.
gêmeos diferentes

E o que dizer dos gêmeos? Qual a diferença entre gêmeos idênticos e fraternos?  
     
      Gêmeos fraternos são geneticamente como qualquer par de irmãos ou irmãs: cada um provém de um óvulo separado, que é fertilizado por um espermatozóide diferente. Ocorre que algumas mulheres tendem a ter ovulação dupla em um dado mês e assim dois óvulos ficam simultaneamente disponíveis para a fertilização; daí, duas crianças desenvolvem-se ao mesmo tempo. Gêmeos idênticos, por outro lado, têm o mesmo conjunto de 46 cromossomos. O que ocorre neste caso é que há um único óvulo, fertilizado por um único espermatozóide. Entretanto, por alguma razão, a célula resultante divide-se completamente em duas entidades separadas e assim cada uma das quais continua a se desenvolver numa criança completa. Como as duas crianças começaram da mesma célula, elas têm a mesma bagagem genética e serão idênticas em todos os aspectos de aparência, crescimento e comportamento que são influenciados pela carga genética. A existência de gêmeos idênticos torna possível o estudo da influência da hereditariedade de modo razoavelmente direto. Geralmente, os pesquisadores comparam um único traço em um par de gêmeos idênticos para ver em quanto eles se assemelham um ao outro e, então, comparam o grau de semelhança com o proveniente de um par de gêmeos fraternos. Se os gêmeos idênticos forem mais parecidos do que os gêmeos fraternos, no que diz respeito àquele traço, o pesquisador concluirá que a hereditariedade é o determinante primário deste traço. A altura é, por exemplo, uma característica física altamente influenciada pela hereditariedade. Normalmente, os gêmeos idênticos, com suas heranças idênticas, têm quase que a mesma altura, enquanto que os gêmeos fraternos, que não são geneticamente iguais, podem ser bastante diferentes, em altura. Esta disparidade entre o grau de similaridade para gêmeos fraternos e idênticos leva- nos à conclusão da importância da hereditariedade para algumas características físicas ou comportamentais. Uma conclusão adicional provém dos estudos com gêmeos idênticos criados em ambientes separados. Se eles continuam a ser parecidos em algumas características, isto mostra a provável importância da hereditariedade para esta característica.
Menino ou menina?

O que determina o sexo de uma criança ?

Um par de cromossomos é responsável pela determinação do sexo de uma criança. Na mulher normal cada um dos cromossomos deste par é grande e ao microscópio exibe alguma semelhança com um X; no homem há apenas um cromossomo X e outro, menor, o cromossomo Y. Diferentemente das outras células do corpo, cada uma das quais contém os 23 pares de cromossomos, o óvulo e a célula espermática contém apenas 23 cromossomos despareados, um de cada par. A criança concebida sempre recebe da mãe, um cromossomo X (pois a mãe só tem X) enquanto que de seu pai a criança pode receber tanto um cromossomo X quanto um Y. Se o espermatozóide levar um cromossomo X, então a criança terá XX e será uma menina, se o espermatozóide carregar um cromossomo Y então a criança terá XV e será um menino.
Pai e filho, cara de um focinho de outro.

Por que há algumas características físicas que parecem “comuns nas famílias”? Se há tantas combinações dos cromossomos da mãe e do pai em todas as famílias, por que tão freqüentemente as crianças, no fim das contas, parecem semelhantes?  Pode haver um aspecto, como um nariz distintivo, uma de terminada cor de cabelo, ou cor dos olhos, que ocorre em todas as crianças. Por quê ?

Imagine que de sua mãe, você recebeu cromossomos que contêm um gene para olhos azuis e de seu pai você recebeu um para olhos castanhos. Qual cor de olhos você terá? Azul turvo? De fato, neste caso você teria olhos castanhos, porque castanho é dominante. Por outro lado, em muitos pares de genes há uma hierarquia distinta: alguns genes sempre dominam outros que são os recessivos, e um traço recessivo não ocorrerá, a menos que tanto o pai como a mãe tenham os genes recessivos. Olhos azuis são determinados por um gene recessivo; o único modo de você ter seus olhos azuis é recebendo um gene para olhos azuis de seu pai e outro de sua mãe.
 


Referência Bibliográfica:

MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N. Embriologia básica. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

Postagem interessante:

Curiosidades científicas: dá pra determinar o sexo do bebê? por que algumas mulheres menstruam durante a gravidez? Testes de gravidez de farmácia são científicos? Tudo isso e muito mais você descobrirá aqui!

You Might Also Like

11 comentários

  1. Muito interessante, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado. Visite as outras postagens do blog também!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde,

    Venho por meio deste contato lhe convidar a conhecer o novo agregador Toneladas http://toneladas.blog.br/

    Estaremos iniciando nossas atividades no dia 16/09 e gostaríamos de estrear com matérias do seu blog.

    Cadastre-se e nos envie sua matéria http://toneladas.blog.br/usuarios/cadastro.php

    Aguardamos seus links!

    Atenciosamente,
    Equipe Toneladas
    http://toneladas.blog.br/
    http://twitter.com/#!/_toneladas
    https://www.facebook.com/agregador.toneladas

    ResponderExcluir
  4. Convido você a participar do agregador de links www.surpriselink.com, você vai se surpreender...
    Para ser nosso parceriro e trocar banner clique AQUI

    ResponderExcluir
  5. Parabéns! Estive lendo alguns artigos do seu blog, muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Oh, mundo cruel! Porque o gene de olho castanho é dominante!? Porque senhor!?

    ResponderExcluir
  7. Não é necessário que os dois progenitores transmitam o gene para a cor azul. Basta um, porque imaginemos: são recebidos 1 gene com "cor castanha" é outro com "cor azul". Apesar da probabilidade de o descendente possuir olhos azuis, ela existe (eu sou o exemplo disso)

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato