Opinião e Atualidades Religião

A (esquecida) existência de Deus

segunda-feira, agosto 29, 2011Roberth Moura

Estava prestando atenção na letra da melodia “Espaço Sideral”, de Adilson Gigante e percebi a maravilha que Deus criou que muitas vezes nem notamos. Quando morava numa cidadezinha do interior (São José da Safira), eu prestava muito mais atenção nessas coisas do que agora. Com o dia a dia corrido eu quase não tenho tempo pra isso. Fiquei pensando se esse não seria um dos fatores pra muitas pessoas não crerem em Deus e comecei a meditar.


É bem verdade que na cidade grande existe uma pluralidade incomparável de pensamentos, e que na cidade pequena todos se conhecem e assumir um ateísmo seria afastar naturalmente as pessoas de você. Mas não levando isso em consideração podemos notar que em cidades como São Paulo, por exemplo, o número de pessoas declaradas ateístas é desproporcionalmente maior do que em qualquer outra cidade do Brasil.


Natureza, criada por Deus

Numa cidadezinha pequena as pessoas têm tempo pra olhar o céu e perceber a grandeza de Deus, especialmente à noite, com as luas, as estrelas, os planetas e os cometas e para que tudo houvesse existido Deus apenas disse: haja! E tudo apareceu. No interior as pessoas também têm a prática de plantar e ver a planta crescer e dar muitos frutos e perceber o quanto Deus é bom e maravilhoso, e agradecer a Deus pelo alimento proporcionado com amor no coração. Ver os peixes a pular no rio, os animais correndo pelo pasto, os pássaros cantando todos os dias ao amanhecer, tudo isso e muito mais aproxima a pessoa de Deus e faz sentir gratidão por tudo isso.

Cidade Grande, onde só se vê a obra do homem
Por outro lado é mais suscetível não crer em Deus uma pessoa que nunca ou quase nunca olha pro céu para ver a imensa e esplendorosa criação, que não ouve o cantar de um pássaro, que nunca plantou ou nunca viu uma planta crescer, na verdade, tudo que essa pessoa quer ela vai ao supermercado e pega, tudo já enlatado, pronto para o consumo, industrializado, produto do homem e da sua instável ciência. É mais fácil ela depositar sua fé no homem, que proporciona a ela todo o seu conforto, que traz o alimento até ela, fabrica o carro que a leva para qualquer lugar, dentre outras coisas mais. Levo também em consideração o fato de todos se conhecerem em cidades pequenas, podendo ser um fator que  inibe o ateu  de “sair do armário”, temendo discriminação social, embora esse possa ser um fato pouco relevante.
Veja bem que não estou querendo dizer que pessoas que moram em cidade grande crêem menos em Deus, mas apenas supondo que esse distanciamento das coisas que ele criou e essa intimidade com as coisas que o homem criou com sua ciência podem eventualmente influenciar a pessoa a acreditar na inexistência de Deus.
       A solução não seria fragmentar as cidades grandes e levar todo mundo para o interior (certamente isso seria inviável), mas levar mais Deus e suas obras para a cidade: mostrar um mundo lindo e perfeito criado por Deus que o homem tenta a todo custo tornar artificial descaracterizando o projeto original de Deus. Eu vejo Deus em suas obras e cada vez mais isso vai fortalecendo minha fé, e eu posso realmente dizer Quão Grande és Tu.


Pôr-do-sol rio Doce, Governador Valadares. Modelo: Odacyr Roberth


Links interessantes: 


      O ateísmo é muito debatido nos artigos a seguir:


A existência de Deus: O mito da caverna - Faz alusão do mito da caverna ao ateísmo, como os ateus se recusam a sair da caverna e ver a verdadeira luz. Assim como Platão relata, quem vive na caverna, jamais acreditará que realmente existe luz e vida lá fora e se recusará terminantemente a se abrir para a verdade.


O paraíso: para onde vão os ateus? - Questiona o comportamento dos ateus, já que eles não possui nenhum estímulo reforçador para praticar bondade. Logo poderiam fazer o que der e vir na sua cabeça, já que não acreditam no inferno. Muito interessante.


20 coisas ridículas que é preciso acreditar para ser ateu: Por que é ridíclo ser ateu? Aqui você encontrará 20 motivos ridículos para continuar sendo ateu. O artigo rebate vários dos argumentos que os ateístas utilizam para acabar com a nossa fé e lhes propõe um desafio ainda maior: sair da situação de ridicularidade e reconhecer Deus como único criador da vida.

Jesus voltara - Deus existe?



You Might Also Like

30 comentários

  1. physicist:

    Cara, parabéns pelo belo artigo. Mas discordo em muitos pontos. Esse não é o mesmo deus de Hitler? Homens - bomba, padres pedófilos e homofóbicos como o Malafaia? Ateofóbicos como Datena? Dos fanáticos dos ataques no Realengo e na Noruega recentemente. E sem falar o que a história nos ensina na escola.

    Eu olho para o céu e vejo a beleza da sua infinitude, e digo: faço parte disso, uma estrela teve que "morrer" para que eu vivesse. Essa é apenas minha humilde e sincera opinião.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por prestigiar minhas ideias (discordar sempre é bom, pois promove o debate e consequentemente a conscientização).

    Bom, quando eu digo Deus, eu não quero dizer sobre as ideologias que movem os homens a fazerem guerra e a derrotar seu próximo. Quando digo Deus eu quero falar da expressão máxima do amor, da bondade, da paz. É essa representação que eu tenho de Deus: um todo-poderoso, cheio de amor e misericórdia pra dar, e não um escudo que muitos utilizam para promover suas guerras, atingir seus ideais e buscando glória pra si mesmo. Não, esse não é o Deus que eu acredito.

    ResponderExcluir
  3. Não é mais racional acreditar na ciência do homem,do que num ser imaginário?

    ResponderExcluir
  4. Discordo plenamente da existência de Deus, mas nem por isto prefiro algo já industrializado, ou que não ouço som de pássaros, rios, etc., sendo que prefiro um ambiente calmo a este ambiente caótico das cidades grandes. Só acho que a existência de algo que não se tem como provar, não existe, melhor dizendo, é inaceitável.
    E a propósito, realmente detesto religiões que dizem como se devem comportar...

    ResponderExcluir
  5. cresci em cidade peqna praticamnete rural, e sou ateu mesmo vindoe uma familiqa religiosa... o ateismo cresce assim como a inteligencia e o conhecimento... ou vc acredita q viemos de adao e eva, e que o sol q gira em volta da terra/???

    ResponderExcluir
  6. Acredito em Deus e acredito no Big Bang, porém odeio religiões, doutrinas e fanáticos alienados sem um pingo de consciência universal onde tudo se resume a Deus ou ao Diabo!

    ResponderExcluir
  7. Tá...quer dizer que a cidade é que é ateísta.....

    não seria pq nelas as pessoas tem mais acesso a escolas, informações e formação... e não simples analfabetos funcionais que são criados no meio do nada....sem escola...e explicam tudo o que nao entendem com sendo deus??

    Assim como sua explicação simploria...rs

    ResponderExcluir
  8. Anônimo, você detesta religiões que te dizem como se comportar? Mas todas as religiões te dizem como se comportar!

    É mais racional acreditar na ciência do homem? Pode até ser que sim. Eu sou movido, antes pela fé, mas nem por isso deixo a racionalidade de lado. Todavia é mais fácil se deixar levar pela que te rodeia e esquecer aquilo que não está perto de você.

    Eu acredito que viemos de Adão e Eva, por que a bíblia fala que viemos. Todavia, não vi em parte alguma dizendo que o sol gira em torno da terra.

    Cleverson, ainda bem que não está se referindo a mim, quando diz fanáticos alienados (pelo menos assim espero).

    E último anônimo (que não teve sequer o trabalho de inventar um nome), o objetivo do texto não foi dizer que quem é da cidade é ateísta, mas instigar o questionamento de você acreditar mais naquilo que está perto de você, mais o que você vivencia. Se você vivencia mais as obras de Deus estará mais propenso a crer nele. Se vivie mais perto das obras dos homens, estará mais suscetível a esuqcer-se de Deus. Isso é um questionamento, uma suposição e não uma verdade. Este espaço é próprio para questionamentos e não para ofensas e ironias...

    ResponderExcluir
  9. COMO EU QUERIA TER A CORAGEM DE EXPOR MINHA EXPERIENCIA DE VIDA MESMO QUE POUCA !! ...

    MINHA FÉ EM DEUS ERA SEM VER , MAS MINHA FAMILIA ESPIRITA , LIGADAS A TODAS AS RELIGIÕES COM CARACTERISTICAS ESPIRITAS EU VI , OBSERVEI , ENTENDI E PENSEI MUITO.. EU CONFESSO QUE LITERALMENTE A EXISTÊNCIA DE ESPIRITOS MAS NÃO ESPIRITOS DE PESSOAS MORTAS MAS DE ESPIRITOS NÃO LIGADOS A DEUS ... E TODOS OS SINAIS QUE OBSERVEI POR PARTE DE DEUS ME FIZERAM ENTENDER QUE NÃO SABEMOS NADA .. EU SOU UM DEVORADOR DE TECNOLOGIA DE COMUNICAÇÃO , AMO FOTOGRAFIA E REDES SOCIAIS , TENHO MEU CANAL NO YOUTUBE SOU LUCIDO TRABALHO 7 ANOS EM UMA EMPRESA LIDER MUNDIAL EM PRODUÇÃO DE CARNE DE FRANGO , SOU TECNICO AGRICOLA E SOU PROVA DAS COISAS QUE VI E COMPREENDI E APRENDI NÃO DISCUTIR RELIGIÃO PARA CHEGAR EM UM CONSENSO MAS SIM FALAR DE FÉ ...DEUS É DEUS DE TODOS , SOU CATÓLICO E REPUDIO ESPIRITISMO E DIGO QUE QUEM NÃO ACREDITA EM DEUS NÃO PODE SER CONDENADO PELO QUE NÃO CONHECE MAS QUEM NÃO ACREDITA EM DEUS E NÃO PROCURA SABER SUA HISTORIA CORRE O RISCO DE PERDER A CHANCE DE DESCOBRIR .. DESCULPAS MAS MINHA REALIDADE É DIFERENTE DE MUITOS E EU AGRADEÇO A DEUS PELA MINHA REALIDADE .. SOU NASCIDO EM SÃO PAULO E CRIADO NO INTERIOR ...

    ResponderExcluir
  10. Não sabemos nada. É verdade. E necessariamente por não sabermos nada é que não deveríamos criticar o outro, só por que ele é diferente. Discutir, debater expor ideias sempre é bom, mas agredir e ofender, jamais!

    A essência de Deus é única: as religiões é que muitas vezes a distorcem em busca de benefício próprio. a partir do momento em que eu estou em comunhão com Deus, em que eu estou nele e ele está em mim, nada mais importa: o resto é resto.

    Só tem a perder quem não busca conhecer a Deus e pensa que ele é apenas uma fantasia, um personagem de contos da carochinha. E eles nunca vão saber o que estão perdendo, pois criam uma barreira em sua mente para não se deixar levar pelo amor de Deus. recusam-se a se libertar da sua caverna. Jamais saberão como é bom sentir o amor de Deus, pois se recusam a senti-lo.

    ResponderExcluir
  11. Sou cristão,
    mas tenho que admitir que seu texto está embasado em suposições...
    Esperava ler algo menos tendencioso e sonhador...

    ResponderExcluir
  12. sua experiencia de vida é muito fraca e sua mente é muito curta pra postar um texto tão pobre sobre sua pobre visão.
    Se realmente acredita que o homem descaracteriza o que deus criou, entao deveria se mudar da sua cidade grande, da sua casa contruida pela ciencia, deixar de andar de carro que polui o que deus criou e afins. Mude-se para o meio do mato e viva conforme Deus lhe permite

    ResponderExcluir
  13. muito fraco... vai estudar. E cadê algo de Psicologia aqui? FAIL

    ResponderExcluir
  14. O enunciado do texto não diz que ele traz análises psicológicas (só por que onome do blog faz alusão à psicologia não quer dizer que todos os posts tem que ser psicológicos).

    É claro que o texto está embasado em suposições. Teorias são também suposições: elas existem até que outra mais "verdadeira" venha e ocupe o seu lugar. Esse texto traz um questionamento e não uma verdade (eu já disse isso anteriormente). Foi feito para ser discutido e não imposto.

    Minha experiência de vida pode ser fraca sim (nunca passei por grandes dramas ou grandes reviravoltas na vida), mas o que o texto pressupõe é que a ciência pode (veja bem PODE) afastar o homem de Deus, enquanto que a natureza pode aproximar o homem de Deus. Nada aqui é comprovado cientificamente, são suposições, devaneios, filosofias, apenas. Pensar é sempre bom e questionar ainda mais.

    ResponderExcluir
  15. Não concordo com, absolutamente, nada do que vc disse mas, se essa é sua opinião, tudo bem.
    Mas o que me chamou a atenção no seu texto, foi esse certo "desdém" que vc tem com a ciência.
    Você pode não gostar da ciência (que vai ser uma hipocrisia imensa, já que, você esta usando um computador) mas, a ciência hoje em dia é tão essencial nas vidas dos humanos que, eu ouso dizer que, nos tempos atuais a ciência é mais importante do que qualquer religião ou crença.

    ResponderExcluir
  16. Sabe como o dicionário define as palavras "superstição" e "crendice"?
    Como a "crença ou noção sem base na razão ou no conhecimento, que leva a criar falsas obrigações, a temer coisas inócuas, a depositar confiança em coisas absurdas, sem nenhuma relação racional entre os fatos e as supostas causas a eles associados". Ou seja, é acreditar em fatos ou relações sobrenaturais, fantásticas ou extraordinárias e que também não encontram apoio nas religiões ou no pensamento religioso.

    As crendices e superstições, na verdade, são vestígios de um passado (nem tão) remoto, em que o ser humano tinha uma visão mágica do mundo, acreditando que diversos fatores sobrenaturais podiam interferir diretamente no seu dia-a-dia.
    Esse modo de pensar foi-se transmitindo de geração a geração, em especial entre as camadas populares, que foram mantidas à margem da evolução do conhecimento científico.

    A verdade é que, antigamente, poucos sabíamos sobre leis da física e o universo. Fenômenos naturais poderiam ser considerados como “medidores do humor” dos deuses. Uma sociedade do século V poderia achar que um raio era obra de deus, ou se uma doença contaminasse sua população, seria considerado um castigo divino sobre os pecadores.

    Ao longo da história, os fenômenos passaram a ser entendidos. As ciências evoluíram e, atualmente, conseguimos explicar grande parte das coisas que acontecem ao nosso redor. O conhecimento humano foi evoluindo e os ateus foram aumentando de numero conforme entendemos melhor o universo em que vivemos.

    Podemos entender esse aumento do nosso desenvolvimento observando os países em que o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é maior e fazendo um balanço de acordo com o número de pessoas religiosas que o habitam.
    Uma profunda pesquisa realizada em 2008 e publicada no Financial Times mostrou as taxas de população ateia nos Estados Unidos e em cinco países europeus. As menores taxas de ateísmo estão nos Estados Unidos, apenas 4%, enquanto as taxas de ateísmo nos países europeus pesquisados foram consideravelmente mais altas: Itália (7%), Espanha (11%), Reino Unido (17%), Alemanha (20%) e França (32%). Os números europeus são semelhantes aos de uma pesquisa oficial da União Européia (UE), que relatou que 18% da população da UE não acreditam em um deus.
    O estudo mostra ainda uma porcentagem estimada de ateus de 85% na Suécia, 80% na Dinamarca, 72% na Noruega e 60% na Finlândia. Segundo o Escritório Australiano de Estatísticas, 19% dos australianos declararam-se como “sem religião” ou ateus. Entre os japoneses, 64% são ateus, agnósticos, ou não acreditam em um deus.

    Por outro lado, os países mais miseráveis são os mais religiosos, como é o caso de Bangladesh, Nigéria, Iêmen e Indonésia.
    E podemos verificar que estes países - com maior número de ateus - são os que ocupam os primeiros lugares no ranking do IDH de 2010, mostrando claramente que o ateísmo está diretamente ligado as melhores condições sociais de um país. A quantidade de ateus crescendo no mundo firmou-se como uma forma de medir a evolução da humanidade.

    Será o futuro sem deuses?

    ResponderExcluir
  17. O homem tem a tola impressão de achar que tudo tem que ser criado. Se vê um prédio, um carro, ou uma lata de refrigerante, sabe que foi criado pelo homem. Observa o oceano ou uma árvore e quer fazer a mesma analogia. Quem criou a natureza e a vida? Por impossibilidade de responder com fundamentos, dá-se uma resposta: Deus. Mas a analogia para por aí. Não segue a mesma linha de pensamento até o momento de perguntar quem criou Deus, porque isso é inadmissível para quem Nele crê. "Deus sempre existiu e criou todas as coisas." Para mim esta é uma resposta furada para confortar uma dúvida que até hoje nunca pode ser comprovada (talvez nunca seja).
    Eu prefiro pensar de forma diferante: ao invés de Deus sempre ter existido e ter criado todo o resto, minha teoria é que tudo sempre existiu, é uma coisa só e é organizads/moldads/manipulada de maneira diferente. Eu não sei a reposta certa, por isso não descarto nenhuma possibilidade. Não descarto a possibilidade de Deus ter sido formado e logo então moldado/formado todo o resto conforme conta a religião.

    ResponderExcluir
  18. Olá, eu faço Ciências Biológicas numa Universidade Federal. Convivo com plantas, animais, bactérias, de sua forma mais bonita à sua intimidade, seu crescimento e seu relacionamento. Estudo sua evolução, sua ecologia. E sabe o que eu observo? O som dos pássaro, o azul do céu e nem o riso, nada disso é uma "provação" do divino. Eu sou ateia. E digo que seus argumentos são equivocados. Pré-conceituosos. E, pior, dá a impressão que religiosos são analfabetos funcionais, cujo respondem suas perguntas à coisas bonitas e perfeitas à pessoas de inteligência superior. Divino. é tudo muito bem divino. Tudo muito bem compreensivel tbm. É só largar desse pré-conceito e estudar, meu caro.

    E para você, o céu é azul porque reflete o oceano? Ou porque vivemos no olho de um gigante?

    ResponderExcluir
  19. Ah, o homem... sempre falando que Deus nao existe sem procurar sua existência. Ficar sentado na frente do computador é fácil demais.

    ResponderExcluir
  20. Dalino, concordop em parte com você, mas e quem criou o que existiu? sempre existiu? SEMPRE? Mas a própria ciência diz que a terra tem data de nascimento (ou seja, quando Deus a criou)! As possibilidades são múltiplas e cada um com sua crença, não é mesmo?

    Gabrielle, eu estudo (não a sua área, mas a estrutura do ser humano: psicologia). Perguntinha irônica a sua, hein? Eu não me projeto como analfabeto funcional, mas também não me acho a pessoa mais esclarecida pra falar de Deus, entretanto gosto de expor meus pontos de vista e de debatâ-los para que eu possa abrir minha mente e compreender todas as facetas do ser humano. E a propósito, o céu é azul por que fica mais fácil para os editores colocarem um fundo qualquer na montagem.

    ResponderExcluir
  21. Odacyr, obrigado por ao menos concordar em parte com o que eu digo, e não querer me atear fogo por isso.

    O que eu quero dizer é: a resposta que você quer que eu responda quando pergunta o que sempre existiu (e como isso é possível), é a mesma resposta que você me daria se eu perguntasse quem criou Deus. Da mesma forma que para você Deus é todo-poderoso, existe desde sempre e criou todas as coisas, para mim a natureza é toda-poderosa, existe desde sempre e tudo faz parte dela, tudo é uma coisa só. Mas não pense na natureza como as florestas, os mares ou os animais, isso também faz parte, mas pense além, as estrelas, os planetas e as energias que circulam no universo.

    A gente não pode pensar somente na Terra, ela é apenas uma rocha flutuando no espaço. Um dia a poeira cósmica se concentrou e formou um planeta onde vivemos. Para mim isso não é criação, é manipulação e reorganização da matéria e da energia. E não acho que tenho sido algo ou alguém que tenha manipulado/reorganizado isso, apenas aconteceu, como probalidade de acontecimento, simplesmente aconteceu.

    ResponderExcluir
  22. lamentável o seu texto, meu caro. Anda se preocupando demais com os ateus, canalize a energia gasta a isso para algo que realmente faça diferença na sua vida. As portas dos ceus nao abrirao a voce tentando mostrar as pessoas que Deus existe da forma como o faz. Fazer o bem é suficiente para se provar Deus sem provocar a discordia.

    ResponderExcluir
  23. Eu compreendo-o e confesso que já pensei bastante nessa possibilidade também, Danilo. Mas eu vejo que tudo isso é complexo demais para que se tenha organizado sozinho. É claro que seu ponto de vista é a sua ideia de mundo, e a maneira como você internaliza as coisas é únicamente sua, mas pense bem: como poderia toda essa complexidade do ser humano e pluralidade da vida terem existido apenas por reorganização da própria matéria, já pré-existente? É mais fácil até acreditar que Deus tenha criado, embora não deixa de ser uma possibilidade a considerar mesmo sendo ela mais difícil de explicar e acreditar que o criacionismo.

    ResponderExcluir
  24. e a terra é o centro do universo, os seres humanos não são grande coisa mesmo.

    ResponderExcluir
  25. Tipo,, nada de mais ser ateu ou não ser ateu.. desde de que esse propague o bem.. não prescisa rezar, ficar indo a igrejas etc.. Fazendo o bem ao proximo, já é o bastante..
    acredito nisso :P

    ResponderExcluir
  26. Também acredito que desde que faça bem ao próximo está tudo bem. Deus se manifesta através do amor, mesmo que a pessoa que pratica o amor não acredita nele.

    ResponderExcluir
  27. Claudio Roberto09 setembro, 2011

    Odacyr Roberth, admiro a sua coragem e a sabedoria que Deus lhe deu.
    Saiba que tudo que nós fazemos a favor do Reino de Deus encontraremos opositores.
    Eu acredito em Deus não somente porque a Biblia fala a respeito dele, más porque eu sinto Deus em todas as coisas e quanto mais nos aproximamos dele mas ele se aproxima de nós.
    Eu gostaria de deixar esta referencia do livro mais lido e mais publicado no mundo que parece que ainda não chegou nas mãos de alguns dos colegas que fizeram alguns comentarios a respeito de alguem que não conhecem.

    Genesis-Cap.1:1-4
    1-No princípio criou Deus os céus e a terra.
    2- A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
    3- Disse Deus: haja luz. E houve luz.
    4- Viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas.
    Neste texto nós podemos comprender a existencia inicial das coisas.Saiba odacyr que existe uma separação entre luz e trevas,eu não conheço VC mas Deus lhe conhece e eu vejo que VC faz parte da luz.
    Parabens e continue acreditando na existência de Deus.
    Claudio Roberto-São Luis-MA.

    ResponderExcluir
  28. Obrigado Cláudio por acreditar em mim e por me parabenizar. Eu busco levar a palavra ao número máximo de pessoas possível, porém muitas vezes sou mal interpretado. Deus tem grandes obras a serem feitas, nós só devemos deixar que ele nos use para tal.

    Obrigado mesmo, de coração.
    Odacyr Roberth - Governador Valadares - MG

    ResponderExcluir
  29. Nas cidades grande o povo tem mais educação que na roça. Thus, eles acreditam menos em Deus, simples assim, como todas as estatísticas mostram.

    Por exemplo:
    http://www.acemprol.com/viewtopic.php?t=1690

    ResponderExcluir
  30. E a natureza (da Terra) foi criada pela evolução. O universo é que sempre existiu, porque o Big Bang foi o início do tempo. "Antes" do Big Bang não existe, porque o tempo é uma dimensão criada por este fenômeno.

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato