Especiais

Especial dia dos pais: a relação que poderia existir, mas não existe

sexta-feira, agosto 12, 2011Roberth Moura

     Eu sou suspeito a falar, mas meu pai é o melhor exemplo de pessoa que eu conheci. É claro que não em todos os aspectos (afinal, ele é um ser humano), mas nunca vi pessoa mais justa, leal, honesta, verdadeira, etc., ou seja: meu exemplo de vida.


     É verdade que nós não somos tão chegados quanto eu gostaria, nem tão afetivos quanto deveria (eu acho que eu sou muito meloso e ele muito na dele), mas a nossa relação é perfeita. Nunca briguei com meu pai, mas também nunca disse "te amo", apesar de amar com todas as minhas forças e demonstrar isso não em palavras vãs e fúteis que o vento leva, mas ele sabe que o amo pois dia após dia ele vê nas minhas atitudes e eu vejo nas dele. 
     É engraçada essa questão do dizer "te amo", por que ele também nunca me disse. Eu sei, no olhar dele que brilha quando me vê o quanto ele me ama, mas parece que a maneira como a pessoa foi criada cria uma barreira pra dizer essa simples, mas bela palavra. Como eu já disse, palavras são apenas palavras, mas é sempre bom ouvir da pessoa amada que ela ama você. Parece que isso reforça a relação e constata um fato que você já sabia.

      Não foram poucas as vezes que eu tive vontade que pular em seu colo, assim como quando era criança e afagá-lo, beijá-lo, abraçá-lo. Mas há uma barreira criada pela convivência: já não sou mais uma criança (eles pensam). Agora tenho que ter atitudes de homem, e homem não fica com essa "melação" toda. Cruel cultura social, vida tirana. Não vou criar meu filho desta maneira mesmo. Podem me prender, podem me bater, podem até deixar-me sem comer que eu não mudo de opinião. Um deve aproveitar o outro o máximo que a vida  proporciona.
     E para demonstrar que eu o amo, procuro ser o tipo de filho mais "rentável" possível, como classifica a divertida postagem "Pai: que negócio é esse?"
    E nesses momentos eu penso "meu Deus, quando eu tomar coragem não será tarde demais?". Por que enquanto ele ainda estiver vivo não é tarde. Não tenho coragem nunca de expressar pessoalmente meus sentimentos para com ele. Por isso, mesmo sabendo que ele nunca vai ler meu blog, expresso aqui, neste dia tão especial, o que eu sinto de mais profundo por ele:

Papai, eu amo você!



You Might Also Like

7 comentários

  1. Enquanto há vida, há esperança.

    Eu sei o quanto pode sr difícil, amigo, minha relação com meu pai é parecida e eu só fui perceber o quanto a gente não se aproveitava depois que ele caiu num leito de hospital. Tomara que essas belas expressões de sentimento cheguem até ele, pois dizer cara a cara não deve ser muito fácil. Meu pai era do tipo que sustentava a casa, conversava com os filhos, mas sempre um pouco afastado. Eu acho que ele pensava que se falasse de igual pra igual pra nós, a gente perderia o respeito. Aí nossa relação deu no que deu: nos amávamos, mas nunca dizíamos. Mas ele ouviu da minha boca , pai eu te amo. Então é melhor aproveitar que seu pai tá com vida e saúde, e mesmo que não tenha coragem de dizer, use maneiras alternativas. Você pode mandar um cartão, por exemplo, dizendo eu te amo. Sei lá, uma tele-mensagem, qualquer coisa. O importante é não deixar passarem as oportunidades. E não dê bola pra sociedade, por que não é ela que põe comida na sua mesa.

    Abração, e feliz dia dos pais pra seu pai!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelas dicas e pela força Antônio, vou ver se nesse dia dos pais, a nossa distância (de cidades) pode ser um fator que nos aproxime afetivamente.

    ResponderExcluir
  3. Queria ter uma relação boa com meu pai, ele reclama de tudo , eu não preciso fazer o errado ja começa a reclama. . sou praticamente torturado todos os dias levado cascudo na cabeça ,e socos na cara e chutes na pernas sou uma pessoa boa. olho para o ceu perqunto a deus o que fiz de errado para ter essa vida. tenho medo de esta com depresao pois sofro ate tortura na escola. enquanto vejo outras pessoas alegre com seu eu me sinto mau por dentro. ja que ele falar que eu nao devia ter nascido !

    ResponderExcluir
  4. por favor me ajuder !!!! logo

    ResponderExcluir
  5. me faler o que devo fazer por favor!

    ResponderExcluir
  6. nao quero envolver me envolver com justiça ? e sor pra saber o que eu devor fazer

    ResponderExcluir
  7. Querido, nfrentar seu pai não será poss´vel, pois se medir forças com ele, você vai perder. Levá-lo à justiça (o que seria mais sensato) você nã tem coragem de fazer. Se ele faz isso com você é por qe conversar apenas com ele não vai adiantar. Então eu aconselho que vá morar na asa de algum parente da sua mãe tipo sua avó materna ou tia. Lá pelo menos, você nã ficará apanhando todo dia.

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato