Cultura Opinião e Atualidades

Relembrando A hora do pesadelo

segunda-feira, julho 11, 2011Roberth Moura


     Estou assistindo novamente a série "A hora do pesadelo" (A Nightmare on Elm Street, no original). Confesso que a série é muito boa, mas não me dá tanto medo quanto da primeira vez que eu assisti, não sei se é por que eu era criança, ou por que atualmente ela é considerada fraquinha (e até bobinha, às vezes), por causa dos sanguinários filmes de terror de hoje em dia.


     Pra mim, a melhor parte em qualquer dos filmes é quando canta a música:


One, two, Freddy is coming for you.
Three, four, better lock your door.
Five, six, grab your crucifix.

Seven, eight, gonna stay up late.
Nine, ten, never sleep again.

TRADUÇÃO

Um, dois, O Freddy vem te pegar,
Três, quatro, é melhor trancar a porta.
Cinco, Seis, Agarre seu crucifixo.

Sete, oito, fique acordado até tarde.
Nove, dez, não durma nunca mais"


Essa era a hora que mais me dava terror.


Johnny Depp em "A hora do pesadelo" como Glen Lantz


      Eu gosto muito da série, apesar de ela não estar na lista dos Melhores filmes de todos os tempos, uma seleção criada por mim.O que sempre me chamou a atenção nesse filme, foi o fato do vilão atuar nos sonhos. Eu sempre achei isso muito legal. E também o sacrifício feito pelos adolescentes para se manter acordados o tempo todo (isso me agonizava bastante), e a gente geralmente assistindo o filme à noite e com sono (eu e minha irmã assistíamos juntos, quando éramos crianças), com medo de ter pesadelos com Freddy, mas mesmo assim, assistindo o filme até o final, pra saber como acabar com Freddy, caso ele tentasse invadir nossos sonhos também. Ah, e foi no primeiro filme da série que Johnny Depp iniciou sua carreira cinematográfica como Glen Lantz (foto acima). Ele não é o primeiro a morrer, mas também não dura muito no filme.

     É muito interessante como a nossa visão muda quando vemos o mesmo fato em diferentes épocas. Os monstros enormes parecem bem menores ou até mesmo brinquedos (tirando o fofão, que até hoje me assusta!).O que antes fazia a gente borrar as calças (eu imaginava o capeta igualzinho ao Freddy), agora pode ser motivo de riso. Mas nem por isso perdem seu encanto. Como em A hora do pesadelo, nunca vou me esquecer do medo de dormir que fiquei, nem da música que jamais saiu da minha cabeça, que me dava muito medo, e que agora eu canto pros meus sobrinhos, e eles não estão nem aí. 

       Ah, é bom relembrar a infância, revivê-la, mesmo que seja apenas por uns instantes. Os próximos filmes serão "Advogado do diabo", "O exorcista" e "Stigmata". Ainda não assisti a hora do pesadelo 2010, estou reprisando os antigos, pra depois baixar e fazer uma análise bacana.
   
    Bom, por hoje é só e ficamos por aqui. Até a vista!

You Might Also Like

4 comentários

  1. Grandes clássicos, ainda não vi a nova versão tb.

    Esse filme que tem uma música do Bruce Dickinson não é? Bring your Daughter to the Slaugther...

    ResponderExcluir
  2. Acabei de assistir a nova versão. É até boazinha, o Fred está muito mais horroroso, o final é surpreendente. Tirando isso, cai na mesmice holywoodiana de sempre

    ResponderExcluir
  3. ja vi todos esses filmes do freddy sou grande fã , eu cantva a musica as minhas irmãs e elas choravam

    ResponderExcluir
  4. Muaháháháhá!!!

    As músicas são aterrorizantes!

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato