Religião

A existência de Deus - O mito da Caverna

terça-feira, abril 19, 2011Roberth Moura

       Cinco e quarenta e cinco da manhã. Sai o sol que ilumina nossa existência. A leve brisa matinal bate, suavemente, no rosto. O ar é tão agradável nessa hora que a gente faz questão de parar apenas para sentí-lo. Saio na janela do quarto, ouço o barulho de cachoeira do rio. Olha para frente vejo uma magnífica montanha rochosa. Aí eu penso “obrigado por tudo, Deus”.

       Eu fico observando o comportamento das pessoas e imagino como elas conseguem conceber um mundo que não foi criado por Deus. Suas cabeças são tão minúsculas a ponto de se fecharem na sua convicção tão sem fundamento. É como acontece no MITO DA CAVERNA, em que as pessoas viam apenas o reflexo da verdade, e acreditavam que aquela era a verdade absoluta. Quem conseguiu sair da caverna (da ignorância), descobriu a verdade existente além daquele mundinho simples e inexpressivo, mas quem estava na caverna a vida toda, podia até respeitar, como se fala atualmente, mas achava que a pessoa que voltou era louca ou totalmente sem noção.

A pessoa que sai da caverna consegue enxergar a verdadeira luz, porém quem sempre viveu enclausurado nunca irá acreditar que exista luz de verdade

       Quando falo para uma pessoa ateísta que Deus existe ela me manda provar. Mas eu não posso provar assim, apenas com palavras. Ela deve experimentar; deve sair da caverna, e ver que existe sol, que existe mar, que existem árvores, que existe um mundo além daquele em que ela insiste em se fechar. Se ela não experimentar, nunca irá acreditar. O curioso é que quanto mais convicto do seu ateísmo, mais insiste em ficar preso na caverna. Não quer experimentar sensações que o imenso novo mundo pode lhe proporcionar. Provavelmente já tentou sair da caverna, caiu e se machucou e, como mecanismo de defesa, resolveu acreditar que não existe nada lá fora, nada que possa ser importante o bastante para ele arriscar a perder sua estabilidade.

       Como uma pessoa de mente sã pode acreditar que o universo, tão vasto e complexo pode ter surgido do nada? Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma (Antoine Lavoisier). Evolução de uma única célula que deu origem a todas essa biodiversidade atualmente existente no planeta? É preciso ter muito mais coragem para acreditar e defender que toda a complexidade celular, divisões mitóticas e meióticas e toda a nanobiologia se originou de uma única célula do que para acreditar que Deus criou tudo. Mesmo que fosse assim, quem haveria criado essa célula? Quem criou a primeira massa nuclear que originou o Big Bang? Deve-se pensar mais nisso, pois do nada, nada surge.

       Posteriormente escreverei mais postagens relativas ao assunto, provando cientificamente, fragmentos que indicam a existência de Deus. Também falarei da posição de Deus frente a guerras, fome e violência. Por hoje é só e comentem bastante.




You Might Also Like

34 comentários

  1. Deus existe sim, porque eu existo e isso é um milagre.

    ResponderExcluir
  2. Sou atéia, eu não me fechei em uma opinião (no caso como você diz, ignorância), pelo contrário: Me abri para novas.
    Cada um vê o mito da caverna do modo que o convém.
    Para mim, os legendados por você como ignorantes, são os religiosos. Vocês que não se abrem, vocês que crescem com uma concepção e acham que os ateus estão errados, vocês que vivem na ignorância.
    Você se contradiz, pois eu não nasci atéia, foi preciso abrir minha mente para isso. Foi preciso perder o medinho ridículo de ser castigada por Deus, para isso. Logo, não tenho a mente fechada.
    Experimente você se questionar em relação a existência de deus, já fez isso? Ou tem medo de abandonar a ignorância?

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua colocação e peço desculpas pela interpretação pejorativa da palavra ignorância. Bom, respondendo ao seu comentário, eu já até duvidei certas vezes da existência de Deus e não foi por medo de que não o abandonei; foi por que percebi que não consigo viver sem ele. Já pensei sim que ele pudesse não existir, mas tudo ao meu redor me prova o contrário. As árvores, os pássaros, Eu! Seria como observar um quadro muito colorido e dizer que as cores não existem. Seria fechar os olhos para o óbvio. Mas eu respeito sua opinião. Espero que volte mais vezes.

    ResponderExcluir
  4. Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma (Descartes). - a frase não seria do pai da química Antoine Laurent Lavoisier ???
    Seria como observar um quadro muito colorido e dizer que as cores não existem. - tenho certeza que você queria falar que o pintor não existe ...
    Arvores e seres pluricelulares , compostos inorgânicos, tudo isso simplesmente não prova a existencia de deus , este é um dos argumentos bobos usados por deistas para uma "prova de deus" http://ateusdobrasil.com.br/p/117/
    Somente um ultimo comentário , creio que conhece a Experiência de Urey-Miller (a.k.a historia de terror para criacionistas) , e tambem a chance de descoberta do Bósson de Higgs...
    abraços fraternos
    Seu amiguinho ateu ...

    ResponderExcluir
  5. Bom... Desculpe pelo equívoco da frase, de fato é de Antoine. E o exemplo que você deu justamente se contradiz, por que as cores alegoricamente representam o mundo e o pintor representa Deus. Olha para o mundo e não ver seu criador seria o mesmo que negar que existe pintor atrás de um quadro. É claro que não vou forçá-lo a acreditar que Deus existe, e nem poderia, mas experiências são experiências. E você está sendo levemente preconceituoso quando me indica o site que está escrito "A evolução não pode ser verdade, já que me falta capacidade mental para entendê-la. Além disto, aceitá-la como verdade me deixaria incomodado.". Não somos bobos por acreditar que Deus existe ou não. Temos capacidades de compreender o mundo de formas diferentes; as mentes não se abrem da mesma maneira, mas nem por isso eu poderei arbitrariamente dizer que todo mundo tem a mente enclausurada.

    Abraços fraternos também. Gostei de seu comentário...

    ResponderExcluir
  6. E quem criou Deus?, já q tudo precisa de algo anterior, pra se criar o q vem posteriormente?..

    ResponderExcluir
  7. Deus... é só 1 palavra abstrata em 1o lugar!.. q como representa Tudo!.. então pode representar qq coisa!.. Sendo assim... "Ele", q tbm é Ela!, e tbm algo neutro, sem gênero, como se fosse 1 robô, algo bem neutro msmo tbm, então... ele(a) existe e não existe ao msmo tempo! É como a "sociedade"! Ela existe! Mas a qual parte dela vc quer se referir? Afinal de contas... os mtos indivíduos formam a "sociedade", e sendo assim... 1 parte de "Deus"... é o conjunto de todos nós!, inclusive pq cada 1... tem 1 "centelha divina", 1 alma q se manifesta de formas variadas dependendo da situação!.. Logo, quem criou a Natureza... pode ter sido 1 conjunto de espíritos mto evoluídos, assim como existem pessoas inteligentes e outras nem tanto! Até +!..

    ResponderExcluir
  8. A existência de Deus é perpétua. Ele sempre existiu, oras. É o mistério que ele com certeza irá nos explicar quando lá estivermos.

    Quanto ao 2º comentário, pode até ser verdade, e nunca havia pensado nesta perspectiva. Todavia prefiro resguardar a minha crença.

    ResponderExcluir
  9. ESTOU VIRANDO FÃ...

    1- Mecanismo de defesa? não existe maior mecanismo de defesa do que a religião...Foi a não compreenção da natureza e o medo da morte que fez com esses mitos
    (isso mesmo...mitos) fossem criados.

    2- Chega a ser patético ver um criacionista citando Lavosieur...é impressionante como religiosos só falam em ciencia qdo interessa ,

    Se você acha que a ciência/ateísmo prega que nós viemos do nada, é porque vc realmente nao sabe nada do assunto.

    ResponderExcluir
  10. É mais fácil acreditar em "mitos criacionistas", como você mesmo diz do que acreditar que evoluímos do macaco. Darwin prega que todos os seres viventes se originaram de uma molécula apenas (não do nada, mas de uma molécula). Essa molécula teria "magicamente" dado origem a toda diversidade de vida existente hoje no planeta. Vai me desculpar, mas isso é que é acreditar em mitos...

    ResponderExcluir
  11. Mais uma vez você demostra total despreparo e tenta opinar em um assunto que, obiamente, você não entende nada.
    - Primeiro, ao contrario do que se pensa, o processo de seleção natuaral nao diz que viemos dos macacos, e sim que nós e os macacos temos acenstrais em comum....o que é bem diferente.

    - Segundo, os seres se originaram de uma celula, e nao de uma molecula.

    - Terceiro, Nao importa o quanto vocês chorem, a evolução ja é considerada um fato, o numero de registros fosseis e de registros no mapeamento genético é tão imenso que até a maioria dos religiosos (cultos) já encaram como fato.

    AGORA ME RESPONDA O QUE É MITO... O QUE TODAS AS EVIDENCIAS ESTUDADAS INDICAM OU O QUE FOI ESCRITO EM UM UNICO LIVRO POR PESSOAS QUE ACHAVAM QUE A TERRA ERA PLANA?????

    ResponderExcluir
  12. Engano seu. No livro de Isaías (capítulo 40, versículo 22), já estava escrito que a Terra era redonda, séculos antes de seus respeitados cientistas sequer imaginarem.

    ResponderExcluir
  13. "Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar"

    Amigo, se voce leu esse texto e entendeu que ele se referia ao formato do planeta, eu sugiro que alem de biologia voce tambem estude interpretaçao de texto.

    ResponderExcluir
  14. Pegar apenas uma versão do capítulo e tê-lo como verdade absoluta é a maneira mais conveniente pra você. Na minha versão está escrito:

    Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores são como gafanhotos; é ele quem estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar;

    Ou seja redondeza da terra prova a minha teoria e coloca a sua por terra, não acha? Isso é questão de tradução e interpretação de texto...

    ResponderExcluir
  15. Boa sorte na empreitada de convencer cientificamente alguém da existência de deus. Vai precisar!

    Digamos que Deus não exista, ainda assim existem motivos para ele existir. Que assim seja, e bem bonito seu blog queria dizer

    ResponderExcluir
  16. papo bobo, ficarão dias discutindo e no final nada se prova.. se existe ou não!! mas, uma coisa é certa, esses assuntos polemicos(religiao, sexo, futebol..) atraem muitas pessoas para o blog, ó o espertão trazendo pessoas para a caverna dele!!

    risos..

    fiquem com deus, ou não.

    abraços,

    ResponderExcluir
  17. Paulo, eu não ando trazendo ninguém pra minha "caverna": vem quem quer debater (um debate saudável). Por outro lado, quem se acha inteligente demais para ouvir a opinião do próximo, por que entra na caverna dos outros então?

    ResponderExcluir
  18. Sou deísta, portanto não desacredito em Deus. É realmente ridículo pensar que o mundo é do jeito que é só por que é. Tem COISA aí no meio. Embora não acredito que Deus é essa coisa boba escrita na bíblia. Me irrito com isso. Acho que somos muito pequenos, muito ignorantes, para tentar entender o QUE é Deus. Quero dizer, tem bicho mais preconceituoso que o ser humano? Nós reclamamos da guerra mas brigamos com nossos país pelas coisas mais bobas. Julgamos os outros, traímos, matamos, roubamos, não entendemos nem A NÓS MESMOS e queremos entender DEUS? Agora, também acho que é pensar pequeno pensar: Não, Deus não existe. Embora não seja muito inteligente pensar: Ele existe SIM! O meu pai sempre me ensinou uma coisa na vida: Tu nunca podes ter certeza de nada. E para ser um bom ser humano tem que aceitar que não sabes nada de NADA. E é só isso que eu tenho certeza. Não sei de NA-DA. Digo. Agoooora, isso de religião, bíblia e o escambau... tu tem que ser MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO enclausurado na caverna pra acreditar. Eu quase choro vendo que o mundo continua na mesma lerdeza de pensamento e que a bíblia é ainda considerada um livro sagrado. Maior mentira da humanidade e as pessoas estão aí, confundindo Deus com bíblia, com santo, com PAPA tchê!!!!!!!!! É de chorar, é muita ignorância. E se tem algo que é pecado é as pessoas não usarem seu cérebro e só ficarem presas naquela mesma idéia, do que foi dito a elas, nem ao menos TENTAR buscar mais conhecimento e... ah, parei, eu me estresso com esse assunto. É o tipo de coisa que não adianta. Provavelmente vou morrer e o mundo vai estar ainda na idade da pedra JURANDO que é um ser avançado. De qualquer forma, eu sou uma pessoa FELIZZZ ao extremo. E agradeço a Deus (ao o universo, ou o que seja) todos os dias por estar aqui, por ter meus amigos, por ter a vida que tenho, a família que tenho, os cães que tenho e sempre tento melhorar como ser humano, não julgando ninguém (embora isso seja algo quase impossível, porém eu tento), não traindo ninguém, tentando ajudar mesmo pessoas que não conheço, respeitando TODOS os seres vivos (nem aranha eu mato, coloco pra fora) e, claro, vivendo!!! Não há modo melhor de agradecer à vida do que vivendo intensamente... sem precisar fumar, beber e sair com o primeiro que aparece :P. Chega à noite, agradeço e deito tranquilamente na minha cama, pronta pra um novo dia. Ou seja, me considero uma pessoa do bem, assim como também acho que tu sejas, pois é o que aparenta ser em outros textos, embora eu discorde contigo de várias coisas xP. Mas o bom da vida é isso, como meu pai sempre me dizia, nas palavras de Voltaire: Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o seu direito de dize-las x)

    Paaazzz o/




    Agnes, 16 anos, pisciana, gaúcha, fanáááááááática por Harry Potter (e Johnny Depp), mãe de um cocker spaniel preguiçoso, metida à fotógrafa e fãããã número um do planeta terra (independente de ele ter centenas de parasitas). ;*

    ResponderExcluir
  19. Obrigado Agnes, muito belas as suas palavras. É fato que Deus existe independente de religião ou de as pessoas acreditarem na sua existência. Deus é visto na bondade que (ainda) algumas pessoas fazem. Deus é visto no ar que eu respiro. Eu vejo e sinto Deus dentro de mim. Se a bíblia é ou não um livro sagrado eu não posso discutir, mas sei que lá, com Jesus eu aprendi a amar mais as pessoas, e a todo dia buscar a ser uma pessoa melhor. E quanto a discordar, isso é o que é o bonito da vida! Se todo mundo concordasse em tudo, não teria graça viver no mundo, não é mesmo? Todo mundo de azul na rua, todo mundo com o mesmo corte de cabelo, todo mundo ouvindo funk no ônibus, etc... kkk. E o bom é que com opiniões diferentes os dois lados acabam aprendendo.


    Um Beijo!

    ResponderExcluir
  20. cara com suas afirmações que ateus vivem em "cavernas" e que somos ignorantes e vivemos na escuridão dessa caverna, você acabou se ser excluído dos meus favoritos, e eu pensei que isso aqui era feito por gente inteligente, me enganei...

    ResponderExcluir
  21. Você pode ter compreendido-me mal. Não afirmei que são ignorantes no sentido de "burros", "arrogantes". Nada disso. Ao contrário, os meus amigos ateus são super gente boa, inteligentes, e altruístas. Eu quis dizer foi que, neste assunto especificamente, os ateus vivem arraigados à uma razão vazia em si mesmo, que muda conforme as épocas e a maneira de ver o mundo. Seria como tapar os olhos e declarar-se cego, ou se fechar em casa e dizer que não existe mundo lá fora. Não sei se estou explicando ou dificultando ainda mais. Se quiser conversar no msn, pode ficar à vontade para me adicionar, e se quiser, me excluir e bloquear depois. O que eu não quero é que ninguém fique chateado comigo por causa de equívocos de escrita.

    ResponderExcluir
  22. Álvaro,alvinho_psy@hotmail.com16 novembro, 2011

    O saber ''muito'' sempre vai ser nada em relação a saber tudo,e é ai que somos surpreendidos pelos mistérios,
    e chegamos a conclusão de que não sabemos nada.
    Por isso a complexidade da vida,apesar de me encantar,me traz infinitas dúvidas,cujo as quais só encontro respostas aceitando existência de Deus


    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  23. É Álvaro, só sei que nada sei...

    ResponderExcluir
  24. O problema não está na crença da existência ou não de Deus, pois se existimos é porque algo nos criou. O problema está na NATUREZA do criador. E aí cada um pensa conforme seu nível espiritual. Eu penso com a mente racional superior. O Universo é INFINITO, portanto, nada pode criar o Infinito, uma vez que nada pode ser maior que ele. Então só nos resta uma alternativa: O próprio Universo é o criador. Mas para isso ele deve ser um CAMPO INFINITO DE ENERGIA (e cada dia se prova isso cientificamente). Uma Energia regida por uma linguagem matemática, logo INTELIGENTE, mas não Consciente, pois não faz sentido a existência de um ser que não conhece sua própria dimensão, já que é infinito (pelo menos, segundo Huberto Rohden esta forma de consciência que conhecemos). Para quem quer se aprofundar neste assunto escrevi o livro O MITO DO DEUS PAI publicado pela Editora Biblioteca 24X7 que discute o Universo Inteligente, senhor de sua própria criação. Entretanto, este não é um livro materialista, pois mostra que somos quantidades ínfimas de energia gerada pela vibração da Inteligência Infinita até adquirimos consciência através das sucessivas reencarnações em corpos materiais até evoluirmos para Seres Superiores (Espíritos de Luz).

    Infelizmente, este é um assunto sobre o qual as pessoas se recusam a falar e até a pensar. Elas têm medo, horror mesmo do desconhecido e isso leva ao comodismo de aceitar as explicações burlescas dos religiosos inclusive de que quando se sofre é por que o deus pai gosta muito de nós e está nos pondo a prova para ver nossa o grau de nossa fé. Esta é a desculpa que os religiosos têm par justificar a miséria humana. Como psicanalista em formação posso assegurar que esta é uma atitude de transferência dos nossos pais biológicos que nos protege quando criança para um pai mais poderoso que nos protegerá quando adultos. Esta é a razão pela qual nossos antepassados tomaram os extraterrestres que assomaram em nosso céus como deus e sua comitiva de anjos que vieram trazer justiça à Terra, fazendo prosperar os bons e aniquilando os maus, imagem esta bem retratada nos textos bíblicos e que perdura até hoje, mas o Infinito não pode se reduzir ao finito (aspecto humano). Assemelho esta condição a de um personagem de nossa história (não sei se verdadeira) chamado Diogo Álvares que preso pelos índios inflamou um pouco de aguardente e apontou para o rio. Resultado: o mesmo que os nossos antepassados e ele acabou casando com a filha do cacique.
    Pedro Cabral Cavalcanti – pcabralcavalcanti@gmail.com

    ResponderExcluir
  25. Pedro, o ser humano tem mesmo dificuldade em aceitar, ou ao menos, conhecer o novo. Tudo isso causa desconforto e ela prefere não arriscar a sair daquela zona de conforto relativamente estável que ela criou. Há também uma necessidade de se sofrer para alcançar a misericórdia, como se o grande pai, vendo-o sofrer, tivesse pena, piedade de você e a partir daí te protegesse.

    Mas crenças à parte, agradeço pela sua participação aqui no blog. Visite também outros artigos!

    ResponderExcluir
  26. Para começa eu entendi uma coisa. Nunca vai entrar na cabeça de um ateu convicto que um ser de barba branca, de roupão, e branco(versão ocidental lógico) criou o universo, pois religião para eles se encaixa no sobrenatural, o que tecnicamente é verdade, e isto no máximo para o entendimento humano e pura criação da imaginação e não a nada que prove o contrario. Como tb, não vai entrar na cabeça de um deista, que tb esse composto maravilhoso de coisas vivas que praticamente vivem em harmonia, e de que deuses( deus neste caso) não criou td de um jeito especifico, criando normas que ao longo do percurso ajudaram a sociedade a progredir, entre muitos outros feitos na humanidade. Religião é algo inerente ao ser humano, como tb e inerente ao mesmo, questionar, duvidar, usar a sua lógica para dizer o que pensa. Qual delas está certa ou se estão todas erradas não realmente interresa no geral, no máximo cabe a discutir cada um com seus filhos, e estes procuran o que querem independente disto. Simplismente não há como provar que deus existe, mas não há como provar que deus não exista. E não é a mesma história de que exista uma soverteria em marte, isso a lógica entre outras coisas explica que é virtualmente impossivel. A crença na religião não, porque não faz total sentido que deus exista, mas ao mesmo tempo pode, mesmo que desafie as leis da natureza. Enfim, ambos estão certos em suas crenças. Não sou agnostico, mas não vou dizer se sou ateu ou acredito em deus, não ajudaria na imparcialidade da questão.

    ResponderExcluir
  27. Eu estou chupando uma laranja,ela esta doce? cada pessoa é única, com desejos, medos, com suas verdades,eu poderia recorer ao google atrás de informações,para postar aqui e até me passar por uma pessoa super entendida do assunto,mas na real.... não faço questão disso, gosto de ler aprender,e isso me ajuda entender os vários pontos de vistas,mas uma coisa eu nunca poderei fazer,que é ter o sabor da laranja em minha boca e querer que alguém me diga o que eu sinto,isso é simplista,mas estou falando do que eu sinto,nós "podemos" mentir sobre muitas coisas, mas nunca para nossos sentimentos, ou vc sente ou não,então eu sinto DEUS,e com esse raciocínio simplicíssimo,só posso dizer que, o que sinto é inexplicavel, portanto quer descobri o sabor da laraja? vai ter que chupar uma.bjimm a todos.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Isso prova que muitos ainda estão na ignorância , não sabe a diferença de um comentário sobre O Mito das Cavernas................ Parabéns amigo, você é uma pessoa instruída por Deus Odacyr Roberth, cada dia sua vida vai mudar e melhorar, você é um dos meninos mais inteligentes que estou conhecendo, estou certa de que você aprofundando no conhecimento, será uma pessoa mais ainda extraordinária, o sabor da laranja está em Essência em sua boca amigo e cada pessoa pode sentir sem precisar chupá-la, todo mundo já experimentou o sabor da laranja, assim é Deus podemos sentir-lo em Essência pelo seu amor por nós sem precisarmos vê-lo, abraços!

    ResponderExcluir
  30. Inverteu a lógica da caverna. Forçar a existência e a crença é produzir ideologia. Tem certeza que se formou em Psicologia?

    ResponderExcluir
  31. Quem tem que sair da Caverna são vocês cristãos que insistem na ideia de que ateu é aquele que não acredita em DEUS, o ateu é aquele que NEGA o deus que o homem criou,ou seja, o ateu nega a suposta ideia de que existiram homens "inspirados por Deus", escolhidos, que redigiram as primeiras literaturas "sagradas" messias, apóstolos, mortes e ressurreições, o impossível colocado como possível, essa ladainha, prosopopeia flácida para acalentar bovinos. Isso que o ateu não acredita, Agora É ÓBVIO que um ateu acredita sim que há uma causa ou razão para estarmos aqui, porem ao contrário dos cristãos, não estamos nem aí se essa causa ou razão será revelada, se há ou não alguma punição futura (inferno) ou benção (céu) e aí é claro que em virtude disso, um ateu não fica se boicotando, se punindo, se esquivando daquilo que é considerado PECADO. Pode-se dizer que a noção do que é certo e errado para um ateu ocidental é modelada de acordo com a base judaico/cristã, creio que seja a única influência de como vocês enxergam Deus em um ateu.

    ResponderExcluir
  32. Este artigo deveria se chamar: "O mito da caverna e o mito da existência de deus"

    ResponderExcluir

Flickr Images

Formulário de contato